50 ANOS NOTÍCIAS PROGRAMAÇÃO ÁLBUM LINHA DO TEMPO COMISSÃO CONVOCATÓRIA

1982

O ano das greves

Encontros promovidos pelo Decanato de Extensão trazem à UnB personalidades como Eugène Ionesco, Aurélio Peccei, Robert Dalh, Giovanni Sartori e Norberto Bobbio.

19 de agosto

Alunos de Medicina entram em greve. Reivindicam vagas para internato na rede hospitalar do Distrito Federal.

23 de agosto

Enfermagem entra em greve por melhores condições de estágio.

2 de setembro

Estudantes de Engenharia Mecânica fazem greve pela contratação de novos professores.

3 de setembro

Engenharia Florestal entra em greve, reclamado que, para as 17 disciplinas obrigatórias, há apenas cinco professores. Passeatas e acampamento defronte ao MEC.

28 de outubro

Cerca de cinco mil estudantes, em assembléia no Teatro de Arena, decretam greve geral na UnB. Exigem solução para os cursos em greve. No anfiteatro 8, os professores decidem, também em assembléia, solicitar audiência com o reitor.

11 de novembro

Professores entram em greve por tempo indeterminado.

25 de novembro

Professores caminham passeata até a Reitoria para exigir audiência com o reitor José Carlos Azevedo. Mesmo não reconhecendo a legitimidade da Adunb, o reitor recebe os professores.

30 de novembro

Estudantes decidem voltar às aulas; professores optam por manter a greve.

7 de dezembro

Em assembléia, os professores suspendem a greve.